Viajar com as crianças

Muitas vezes, as tão desejadas férias não começam da melhor forma quando a viagem com os mais pequenos é difícil. Os adultos, já muitas vezes exaustos, nem sempre conseguem encontrar estratégias para que tudo aconteça de uma forma mais serena. Seguem-se, então, alguns truques para atenuar, reduzir e/ou evitar várias situações que ocorrem com regularidade nas famílias.

viajar-com-criancas1

Se vão viajar de avião:

  • o ideal será voar durante a noite. Assim, irão sincronizar a hora do sono mais profundo com o de todos os passageiros. Os mais pequenos também agradecem, pois escapam à monotonia da viagem em que não há nada para fazer;
  • Levar livros, jogos portáteis, entre outros, e ir presenteando a criança faseadamente para ter sempre uma surpresa a caminho;
  • Também ajuda o famoso truque da pastilha e/ou rebuçado para minimizar os efeitos da pressão nos ouvidos;
  • Selecionar o lugar da janela para as crianças;
  • Andar sempre com uma mochila às costas com muda de roupa, toalhitas, etc, de maneira a ter as mãos sempre livres;
  • Levar um lanche, caso a criança rejeite a comida disponibilizada.

Na estrada:

  • Colocar uma proteção na janela de forma a impedir que o sol incomode;
  • Fazer paragens de 2 em 2 horas;
  • Ter sempre à mão água numa bolsa térmica, lenços/toalhitas, um lanche de emergência e sacos de plástico, caso precisem de guardar algo sujo ou se se sentirem mal-dispostos;
  • Fazer jogos como “Eu vejo”, contar carros seguindo certos critérios ou simplesmente contar histórias e cantar. Atenção ao uso de jogos, livros, consolas, dvds, em andamento pois deixam muitas vezes a criança mal-disposta e podem prejudicar ainda a visão.

Boas férias!