A importância da sesta no Jardim de Infância

As crianças vivem cada mais vez segundo os horários dos pais. Há uns anos atrás, a maior parte das mães estavam em casa e podiam gerir o dia-a-dia de acordo com as necessidades dos mais pequenos, hoje essa organização é praticamente impossível.

Consequentemente, para que as crianças possam passar algum tempo na companhia dos pais, acabam por ir para a cama muito mais tarde do que o recomendável.
Desta forma, cada vez mais é necessário este tempo de descanso no fim de almoço. Todos nós conhecemos as consequências da falta da sesta: irritabilidade, birras, actividade fora do normal e até sonolência à hora do jantar.

Quando dorme, sonha, e esse sono "recarrega" as baterias do sistema nervoso. O descanso é fundamental para o equilíbrio da criança.

importancia-sestaÉ normal que a criança diga que não quer dormir, tentando resistir. No entanto, o adulto deve insistir neste hábito e proporcionar um ambiente propício ao descanso: tranquilidade, temperatura agradável e conforto. Para que a criança consiga dormir melhor poderá colocar-se uma música calma ou deixá-la dormir com um boneco. Mesmo ao fim de semana as rotinas devem ser mantidas.

No entanto, há que ter em conta que nem todas as crianças têm as mesmas necessidades: há crianças que precisam de dormir durante mais horas do que outras e enquanto há crianças que aos cinco anos ainda necessitam da sesta, outras já não têm esta necessidade. É bastante importante respeitar o ritmo de cada um.

Em suma, dormir é uma necessidade fisiológica. O sono tem como função:

  • a reorganização funcional do sistema nervoso central;
  • a reparação do cansaço físico;
  • agilização da memória e a aprendizagem que ajudam a criança a desenvolver-se saudavelmente;
  • permite que o cérebro trabalhe no sentido de consolidar as mudanças motivacionais do sistema nervoso central.

 

O repouso ajuda as crianças a ficarem com a sua boa disposição de volta, possibilita às crianças a oportunidade de recarregarem energias físicas e emocionais para a parte do dia que se segue.